A Igreja é a Casa Espiritual para a Habitação de Deus na Terra

Em meio a um mundo cheio de pecado e maldade, Deus sempre teve uma especificação de uma casa para ele morar. Um lugar onde o povo de Deus pudesse se encontrar com ele. No Antigo Testamento, era primeiro no Tabernáculo e, mais tarde, no Templo de Jerusalém. No Novo Testamento, sua morada é seu povo, a verdadeira igreja.

No Antigo Testamento, quando todas as coisas estavam devidamente colocadas em ordem de acordo com a direção de Deus, então, e somente então, Deus descia e se encontrava com seu povo ali. E quando ele se encontrasse com eles, ele sempre manifestaria sua presença na nuvem.

Por exemplo, quando devidamente dedicado, a presença de Deus encheu o Tabernáculo. (Veja Êxodo 40: 17-35)

“E levantou o átrio ao redor do tabernáculo e do altar, e ergueu a cortina da porta do átrio. Então, Moisés terminou o trabalho. Então, uma nuvem cobriu a tenda da congregação, e a glória do Senhor encheu o tabernáculo. E Moisés não pôde entrar na tenda da congregação, porque a nuvem permaneceu sobre ela, e a glória do Senhor encheu o tabernáculo. ” ~ Êxodo 40: 33-35

Além disso, a nuvem apareceu novamente no momento da dedicação do novo Templo em Jerusalém.

“E aconteceu que, saindo os sacerdotes do lugar santo, a nuvem encheu a casa do Senhor, de modo que os sacerdotes não podiam suportar o ministério por causa da nuvem: porque a glória do Senhor havia enchido a casa do Senhor. ” ~ 1 Reis 8: 10-11

Da mesma forma, o Espírito Santo dedicou Sua casa do Novo Testamento, a igreja, no dia de Pentecostes. E naquele dia o Senhor criou sua nuvem de testemunhas, para que sua presença pudesse ser sentida e percebida por seu povo.

“E quando o dia de Pentecostes já havia chegado, estavam todos reunidos no mesmo lugar. E de repente veio um som do céu, como de um vento forte e impetuoso, e encheu toda a casa onde eles estavam sentados. E lá apareceram-lhes línguas divididas como de fogo, e pousou sobre cada um deles. E todos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem. E habitavam em Jerusalém judeus, homens devotos, de todas as nações debaixo do céu. E, quando isso foi alardeado, a multidão ajuntou-se e ficou confusa, porque cada um os ouvia falar em sua própria língua. E todos ficaram maravilhados e maravilhados, dizendo uns aos outros: Não são todos estes que falam galileus? E como ouvimos cada homem na nossa própria língua, onde nascemos? Partos, medos e elamitas, e os habitantes da Mesopotâmia, da Judéia e da Capadócia, do Ponto e da Ásia, Frígia e Panfília, no Egito e nas partes da Líbia perto de Cirene, e estranhos de Roma, judeus e prosélitos, cretas e árabes, nós os ouvimos falar em nossas línguas as maravilhosas obras de Deus ”. ~ Atos 2: 1-11

A nuvem de testemunhas não incluiu apenas as 120 que estavam no cenáculo. Mas também a nuvem cresceu instantaneamente, pois 3.000 almas foram adicionadas em um dia.

“Então, os que de bom grado receberam a sua palavra foram batizados; e no mesmo dia foram-lhes acrescentadas cerca de três mil almas.” ~ Atos 2:41

Nuvem de Santos em Comunhão

Somos claramente instruídos na Palavra de que ainda é assim que o Senhor vem e se encontra com seu povo na Terra. É através da nuvem de testemunhas de sua igreja do Novo Testamento.

“Eis que ele vem com as nuvens; e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão por causa dele. Mesmo assim, amém. ” ~ Apocalipse 1: 7

O capítulo 11 de Hebreus descreve para nós uma nuvem histórica de testemunhas, ao identificar muitos dos fiéis ao longo da história. E então, depois de descrever esta lista de santos fiéis, ela continua especificamente no capítulo 12 para descrevê-los como parte desta nuvem de testemunhas, e que “nós também estamos rodeados” por esta nuvem.

“Portanto, visto que também nós estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, ponhamos de lado todo peso e o pecado que tão facilmente nos assedia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta” ~ Hebreus 12 : 1

Portanto, a igreja hoje deve ser a casa de Deus que dá testemunho da poderosa presença de Deus na terra.

Jesus disse ao sumo sacerdote que ele próprio veria essa nuvem de testemunhas em sua própria vida.

“Mas Jesus se calou. E o sumo sacerdote disse-lhe: Conjuro-te pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus. Disse-lhe Jesus: Tu o disseste; contudo vos digo que vereis em breve o Filho do homem assentado à direita do Poder e vindo com as nuvens do céu ”. ~ Mateus 26: 63-64

Jesus sempre falou de sua vinda nas nuvens do céu. E é assim que ele falou da casa de Deus na Terra.

“E então aparecerá o sinal do Filho do homem no céu: e então todas as tribos da terra se lamentarão e verão o Filho do homem vindo nas nuvens do céu com poder e grande glória. E ele enviará seus anjos com o grande som de uma trombeta, e eles reunirão seus eleitos dos quatro ventos, de uma extremidade do céu à outra. Agora aprenda uma parábola da figueira; Quando o seu ramo ainda está tenro e solta folhas, sabeis que o verão está próximo; assim também vós, quando virdes todas estas coisas, sabei que está perto, mesmo às portas. Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas se cumpram ”. ~ Mateus 24: 30-34

É muito claro nesta escritura que isso começaria a acontecer na mesma geração que viveu quando Jesus estava na Terra. E então essa reunião do povo de Deus começaria a acontecer por meio de mensageiros angélicos. A palavra anjo significa mensageiro na língua original. E isso inclui pregadores e professores humanos na definição de um mensageiro.

Este relato em Mateus capítulo 24 é refletido quase palavra por palavra em dois outros evangelhos: Marcos e Lucas.

  • Marcos 13: 26-30
  • Lucas 21: 27-32

E também observe que quando fala das “nuvens do céu”, está falando sobre a condição celestial na igreja. Porque onde quer que Jesus esteja, lá é o paraíso. Isso significa que a vontade do Pai é feita em seu povo, assim como é feita no céu. A condição celestial na igreja é uma condição espiritual, porque Jesus é amado e obedecido entre seu verdadeiro povo.

“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo: conforme ele nos escolheu nele antes da fundação do mundo, para que sejamos santos e irrepreensíveis diante dele em amor: ”~ Efésios 1: 3-4

A igreja hoje não é mais um tabernáculo físico feito de pedra e madeira etc. Mas é uma casa espiritual feita de pessoas que foram salvas e santificadas. Eles são a morada de Deus na Terra, por meio do Espírito de Deus.

“Porque por ele ambos temos acesso ao Pai em um Espírito. Agora, pois, não sois mais estrangeiros nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e da família de Deus; E são edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo o próprio Jesus Cristo a principal pedra angular; No qual todo o edifício bem ajustado cresce para um templo santo no Senhor: no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus em Espírito ”. ~ Efésios 2: 18-22

Esta é a ordem divina que Deus especificou para sua Igreja do Novo Testamento.

“Mas Cristo tornou-se sumo sacerdote das coisas vindouras, por meio de um tabernáculo maior e mais perfeito, não feito por mãos, isto é, deste edifício” ~ Hebreus 9:11

Não é uma casa física temporal, mas uma casa espiritual composta por todos os salvos.

“Vós também, como pedras vivas, sois edificados uma casa espiritual, um santo sacerdócio, para ofereceres sacrifícios espirituais, aceitáveis a Deus por Jesus Cristo. ”~ 1 Pedro 2: 5

Esta ordem produz um povo santo, vivendo em unidade e sob a direção da santa palavra de Deus. Porque Jesus Cristo é o alicerce desta igreja, e o verdadeiro ministério tem o cuidado de apenas construir de acordo com a palavra de Deus.

“Mas, se demorar, para que saibas como te deves comportar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, coluna e fundamento da verdade.” ~ 1 Timóteo 3:15

Este Tabernáculo do Novo Testamento é a verdadeira luz pela qual o mundo será salvo.

“Agora, das coisas que falamos, esta é a soma: Temos um tal sumo sacerdote, que está colocado à direita do trono da Majestade nos céus; Ministro do santuário e do verdadeiro tabernáculo, que o Senhor fundou, e não o homem. ” ~ Hebreus 8: 1-2

A igreja é você e eu vivendo livres do pecado nesta Terra. E sendo obedientes ao Espírito, também somos chamados à unidade e à plenitude da verdade. Para declarar esta luz brilhante e resplandecente da verdadeira igreja, para um mundo perdido e moribundo.

O livro do Apocalipse foi projetado para trazer de volta a verdadeira visão da igreja, como a casa espiritual de Deus na Terra. A verdadeira igreja é uma casa espiritual feita por Deus. Ela, como noiva de Cristo, desceu do céu à Terra, por meio de Jesus Cristo.

“E veio a mim um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das sete últimas pragas e falou comigo, dizendo: Vem cá, mostrar-te-ei a noiva, a mulher do Cordeiro. E ele me levou em espírito a um grande e alto monte, e mostrou-me aquela grande cidade, a santa Jerusalém, que descia do céu da parte de Deus ”~ Apocalipse 21: 9-10

E se lermos mais no capítulo 21 de Apocalipse, veremos claramente que o próprio Deus é esse templo espiritual. É a presença do próprio Deus na igreja que torna a igreja quem ela é.

“E nela não vi templo: porque o seu templo é o Senhor Deus Todo-Poderoso e o Cordeiro. E a cidade não precisava do sol nem da lua para nela brilhar; porque a glória de Deus a iluminou, e o Cordeiro é a sua luz. E as nações dos salvos andarão à sua luz; e os reis da terra trazem a sua glória e honra. E as suas portas não se fecharão de dia, porque ali não haverá noite. E eles trarão a glória e honra das nações a ela. E de maneira alguma entrará nela coisa alguma que contamine, nem tudo que pratique abominação ou pratique mentira, mas os que estão escritos no livro da vida do Cordeiro. ” ~ Apocalipse 21: 22-27

É bastante claro que apenas o que foi santificado é permitido na igreja. Estamos falando sobre a família espiritual de Deus na Terra. Pode haver edifícios físicos na Terra onde a igreja se reunirá. Além disso, no mesmo prédio, pretende-se que os pecadores também venham. O propósito para os pecadores virem é para que eles possam ouvir o evangelho e serem transformados. Mas nenhum pecado, nem pecadores, fazem parte da casa espiritual de Deus na Terra, a igreja de Deus.

Deixe um comentário

pt_BRPortuguês do Brasil